Lagos dá nome a rua emblemática de Alcácer Quibir

O presidente da Câmara de Lagos, Hugo Pereira, visitou Marrocos, no passado dia 8 de novembro, na qualidade de presidente da Associação Portuguesa de Municípios com Centro Histórico e, também, em representação do município de Lagos, no âmbito das comemorações da “Efeméride dos 250 Anos do Abandono da Praça de Mazagão”, as quais integraram uma visita a Arzila, Alcácer Quibir (Ksar El Kebir), El Jadida e Azamor.

O evento, organizado pela Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico, da qual Lagos assume a presidência, teve ainda como objetivo “afirmar a figura dos centros históricos luso-marroquinos como um património comum de valor significativo, o qual importa manter e preservar”.

A visita teve também enquadramento no âmbito do protocolo de geminação que a cidade lacobrigense tem, desde março de 2018, com Alcácer Quibir.

O momento alto da visita foi a inauguração da toponímia da Avenida de Lagos, substituindo a designação da antiga “Avenue de la Municipalité”, uma das artérias mais importantes de Alcácer Quibir. A placa toponímica foi descerrada pelos presidentes das duas edilidades, Hugo Pereira e Mohamed Simou, e pela embaixadora de Portugal no Reino de Marrocos, Maria Rita Ferro, contando também com a presença da vereadora Sara Coelho e do secretário da assembleia municipal de Lagos, José Jácome.

Foi ainda visitada a antiga casa do alcaide Ibrahim Soufiani, onde o corpo do rei D. Sebastião esteve sepultado durante cerca de quatro meses à guarda do fidalgo Belchior do Amaral, antes de ser entregue às autoridades portuguesas em Ceuta, e para a qual se encontra em elaboração o projeto do Centro de Interpretação da Batalha de Alcácer Quibir, coordenado por um técnico da Câmara de Lagos.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste