Lagos homenageia a memória do Infante D. Henrique

.

O Município de Lagos volta a prestar homenagem à memória do Infante Dom Henrique, na data em que se perfazem 558 anos sobre a morte do mais carismático navegador português.

Este ano o programa das comemorações decorre de 9 a 13 de novembro e inclui diversas iniciativas. A primeira, no dia 9, é o seminário “Alcácer-Quibir-margens e contramargens”, com a participação de vários conferencistas que irão falar na travessia marítima e marcha dos soldados, destacar algumas das conjunturas mais relevantes da jornada de África, como a resistência dos “sufis” e a guerra dos xarifes sádidas, e refletir sobre a escrita de veteranos e cativos – o testemunho dos vencidos.

O seminário, de entrada gratuita, irá decorrer durante todo o dia, no Auditório do Edifício dos Paços do Concelho, e conta com o apoio de reputadas instituições portuguesas, nomeadamente a Fundação para a Ciência e Tecnologia, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa e o Centro de Humanidades.

No final deste dia está prevista, já nos Antigos Paços do Concelho, a inauguração da exposição “Da Cruz ao Crescente – O Resgate dos Cativos”. Nesta mostra pretende-se abordar o cativeiro como uma realidade comum às sociedades cristãs e muçulmanas, fruto de conflitos bélicos e de ataques de piratas e corsários, bem como a ação dos religiosos da Ordem da Santíssima Trindade na organização dos resgates e na troca dos cativos.

Organizada pelo Departamento de Património Cultural da Direção Municipal de Cultura do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa e pela DECCAS-UTCCT-Serviço de Património Histórico e Museológico da Câmara Municipal de Lagos, esta mostra reproduz os aspetos fundamentais da exposição realizada em colaboração com a Direção-Geral do Livro Arquivos e Bibliotecas, no início do ano, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

Para os dias 10 e 11 estão previstas duas visitas comentadas pelo centro histórico. No dia 13, ocasião em que se assinala o falecimento do Infante, decorre, pelas 17h30, a deposição de coroa de flores no Monumento ao Infante D. Henrique, seguida de uma missa em honra do Infante, na Igreja de Santa Maria.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste