ALGARVE ÚLTIMAS

Lagos promove animação e saúde para maiores de 65 anos

.
[mobileonly] [/mobileonly]
.

Desde a sua entrada em funcionamento, em outubro de 2011, o Gabinete de Apoio à Pessoa Idosa (GAPI) da Câmara de Lagos já efetuou cerca de 170 atendimentos, sendo que “a procura tem vindo a crescer”. A autarquia sublinha que, mais importante que atender o maior número possível de idosos, o principal é “garantir um serviço de qualidade”. Assim, este gabinete apresenta-se como “um serviço pioneiro de atendimento personalizado e especializado”, que é especialmente destinado aos munícipes com idade igual ou superior a 65 anos.

No GAPI, os idosos podem “encontrar apoio e informações úteis em resposta a questões relacionadas com direitos e benefícios que lhes assistem, em áreas como o acesso a serviços públicos, equipamentos, saúde, segurança social, lazer, entre outras, ou ajuda no preenchimento de documentação, elaboração de cartas e mediação com entidades externas, bem como no encaminhamento dos assuntos para as entidades competentes”.

Para além do atendimento personalizado, este gabinete ainda se estende às visitas domiciliárias (em articulação com outras entidades), promove sessões informativas e de sensibilização, assim como realiza atividades de animação, ocupação e lazer.

Idosos informados sobre temas que estão na ordem do dia

Mas o apoio à população sénior lacobrigense não se tem esgotado no funcionamento deste gabinete. No âmbito do Conselho Municipal Sénior (CMS), constituído em 2014, a autarquia também tem promovido “a auscultação e envolvimento dos agentes locais na definição de políticas municipais destinadas aos seniores, bem como na implementação de várias atividades organizadas para esta faixa da população”.

O CMS é constituído pelos grupos de trabalho da cultura, segurança e saúde. “Cada um deles tem promovido várias atividades e projetos, nomeadamente o ‘Vamos ao Museu’, que já proporcionou a cerca de 131 seniores de todas as freguesias visitas guiadas ao museu municipal José Formosinho, assim como sessões informativas em que participaram 133 seniores, também realizadas em todas as freguesias em parceria com a GNR e Segurança Social, sobre temas que estão na ordem do dia, como a prevenção de burlas e roubos, a prevenção de acidentes domésticos, o Complemento Solidário para Idosos ou ainda a importância da saúde oral”, realça a Câmara de Lagos.

Entretanto, para o segundo semestre de 2017 estão já a ser delineadas mais iniciativas nestas áreas.

Ainda na área dos apoios, refira-se que está em curso a implementação da Viatura de Intervenção Comunitária (VIC), cujo projeto foi um dos vencedores do orçamento participativo 2016, e que consiste na aquisição de uma viatura para transporte dos munícipes com mobilidade reduzida e sem suporte familiar e/ou idosos, visando facilitar o seu acesso a serviços de saúde, tratamento de questões burocráticas e legais, atividades da vida diária e participação em atividades de ocupação e lazer.

“Já foi aberto o concurso público para aquisição desta viatura, sendo que atualmente estão a ser analisadas as propostas apresentadas”, revela a autarquia.

JA

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: