Lagos vai construir 195 novas casas a preços acessíveis

Os pedidos de habitação em Lagos estão a aumentar devido à dificuldade das famílias em encontrar casas a preços acessíveis. Neste concelho, onde o valor médio dos alojamentos já atinge quase o dobro da média nacional, o mercado encontra-se completamente “desregulado” e “carente de soluções”. A situação levou a Câmara de Lagos a aprovar um programa habitacional, que prevê, entre outras medidas, a construção de 195 novos fogos até 2021. A presidente Maria Joaquina Matos reconhece que este programa não vai resolver todas as necessidades do concelho, mas vai funcionar como “motor da mudança” que o mercado habitacional tanto precisa neste momento

O programa habitacional que a presidente da Câmara de Lagos anunciou em primeira mão ao JORNAL DO ALGARVE, em junho de 2018, foi aprovado, na última reunião do ano, pelo executivo liderado por Maria Joaquina Matos (PS).

Dar resposta à falta de habitações para os residentes é o grande desafio que o município lacobrigense tem pela frente entre 2019 e 2021, sendo que a autarquia tem 15 milhões de euros para “equilibrar este problema”, que já atinge a “classe média”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 3 DE JANEIRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste