Livro “Mar de Aral” de José Fernandes ganha Galardões BD Comic Con

O argumentista louletano, José Carlos Fernandes, ganhou prémios com o livro “Mar de Aral” nos Galardões BD Comic Con Portugal, que se realizou no passado sábado, no festival de cultura pop, que decorreu no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras.

O livro, cuja edição foi apoiada pela Autarquia louletana, obteve todas as distinções na categoria de autores portugueses, recebendo os seguintes prémios: melhor argumento (José Carlos Fernandes); melhor desenho (Roberto Gomes) e melhor álbum, sendo que este último foi contemplado com um prémio monetário de 2 mil euros.

A obra “Mar de Aral”,  uma compilação de cinco histórias curtas, relacionadas entre si, que versam de forma irónica e mordaz, temáticas como a extinção e evolução das espécies e a validade limitada dos recursos do Planeta. Um livro cujo um título faz referência ao lago de água salgada localizado na Ásia Central, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, local onde nos anos 60 decorreu um grande desastre ambiental, devido ao desvio da água para projetos de irrigação, dando origem a que o quarto maior lago do mundo ficasse reduzido a 10% do seu tamanho.

O autor do livro José Carlos Fernandes, nasceu em Loulé, a 16 de outubro de 1964, é licenciado em Engenharia do Ambiente, ilustrador e autor de banda desenhada. Realizou variadas pranchas e ilustrações publicadas em diversas publicações alternativas de BD nos anos 90. Escreveu inúmeras crónicas e artigos na imprensa escrita versando sobre as temáticas da música e dos livros.

Vítor Aleixo, o edil louletano, afirmou que é “um orgulho poder contar, de entre as inúmeras personalidades que se destacam nas mais diversas vertentes da Cultura, com um prodígio como José Carlos Fernandes que tem tido um papel muito importante no contexto da BD nacional, nomeadamente enquanto argumentista, mas cujo talento se estende também a outras áreas da atividade cultural.”

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste