ALGARVE ÚLTIMAS

Loulé: Câmara e Exército juntam-se para defender a floresta contra incêndios

.

Representantes da Câmara Municipal de Loulé e do Exército Português (Regimento de Engenharia N.º 1) assinaram recentemente mais um protocolo no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI).

Desta vez, a parceria entre as duas entidades destina-se à intervenção com maquinaria pesada (máquina de rasto e niveladora) com o objetivo de executar desmatações gerais para faixas de gestão de combustíveis, beneficiação de caminhos florestais, acessos aos pontos de água, criação de locais estratégicos de estacionamento e circuitos de vigilância.

O ato foi formalizado pelo presidente da edilidade, Vitor Aleixo, e João de Almeida, em representação do Exército. Os trabalhos serão realizados nas freguesias do interior do concelho e terão início na freguesia do Ameixial, visto tratar-se do território mais a norte do município, seguindo-se, posteriormente, para a freguesia de Salir.

Recorde-se que, desde 2016, o Município de Loulé tem igualmente celebrado um protocolo com o Exército, através do Regimento de Infantaria nº 1, mas no âmbito do patrulhamento e vigilância, que decorre durante o período crítico de incêndio florestal visto que é tendencialmente aquele em que o índice de risco é maior, por forma a diminuir a probabilidade da sua ocorrência, reforçando, assim, a segurança das populações.

Também através do Programa Municipal DFCI de apoio financeiro às associações e clubes de caça do concelho já foram executados 310 quilómetros de caminhos rurais e florestais no município de Loulé. Assim, estes vetores de atuação constituem, entre outros, a estratégia municipal DFCI no âmbito das medidas preventivas a adotar de forma aumentar a resiliência do concelho ao flagelo que são os incêndios florestais.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: