Loulé: Orçamento 2022 visa “aumento inequívoco da qualidade de vida”

O Orçamento final previsto permite assim um aumento “muito significativo” dos investimentos em despesas de capital, registando um valor total de 90 milhões de euros para 2022. O município destaca-que “o desiderato geral financeiro do equilíbrio orçamental é atingido neste orçamento com uma margem muito substancial de 12,6 milhões de euros”.

As GOP espelham o investimento público municipal para o próximo quinquénio (2022-2026), totalizando mais de 523 milhões de euros, visando, no seu conjunto, “projetar e promover Loulé como um território mais inclusivo, mais coeso, mais competitivo e mais sustentável”.

“Pretende-se responder a desafios fundamentais para o município, designadamente no que respeita à promoção da coesão social e territorial, na captação de serviços e equipamentos de escala regional, nacional e internacional, no alargamento e diversificação da estrutura produtiva local e na qualificação e ordenamento do território”.

Desta forma, as medidas previstas visam “potenciar a qualidade de vida para uma maior atração de população e de empresas, promovendo o emprego, mantendo e reforçando, como linha estratégica determinante, o desenvolvimento de políticas de sustentabilidade e de ação climática”.

O investimento previsto nas GOP 2022 define quatro áreas prioritárias de intervenção no próximo quinquénio. Desde logo o apoio às “Pessoas e Famílias” (dotado com 119 milhões de euros). Neste âmbito, o município vai apostar na “Estratégia Local de Habitação” que irá gerar 1400 soluções de habitação até 2030, respondendo a um dos maiores desafios do concelho para a fixação das pessoas e das suas famílias.

Ainda com o foco nas pessoas e famílias, a autarquia irá continuar a apostar “determinantemente” na Educação, investindo nos transportes e refeições escolares (28,2 milhões de 2022 a 2026), assim como, no reforço do parque escolar, com duas novas escolas EB1 com jardim-de-infância, em Loulé e em Quarteira. Está ainda prevista a construção da nova creche do Forte Novo, em Quarteira e a ampliação da EB 2/3 Engenheiro Duarte Pacheco em Loulé.

- Publicidade -

Nas áreas da saúde e da intervenção social, a autarquia “continua empenhada na construção da Unidade de Saúde Familiar (USF) e na Unidade de Cuidados Continuados de Loulé, na requalificação do Centro de Saúde de Almancil, na nova USF em Quarteira, na concretização das novas instalações do INEM no Algarve e na requalificação e ampliação do Centro Comunitário da Nossa Senhora da Conceição, no Barranco do Velho”, adianta.

No que concerne à promoção da “Mobilidade e Qualidade de Vida” (para o qual estão previstos 67,4 milhões de euros nos próximos anos), serão construídos novos acessos fundamentais, com destaque para a segunda fase da Circular Norte de Loulé e da Avenida do Atlântico, em Quarteira, bem como, a via de ligação da rotunda Afonso de Albuquerque à Avenida Laginha Serafim em Loulé.

As GOP preveem igualmente diversas intervenções ao nível da rede de águas e esgotos, destacando-se a área da EN125 (entre a Maritenda e as Quatro Estradas), Pereiras, Cerro do Galo, Monte Ruivo e o Azinhal, bem como o Vale Telheiro, entre outras áreas.

A Câmara Municipal de Loulé fará também um forte investimento no “Programa Digital para o Desenvolvimento Económico e Social” do interior, “importante contributo para a coesão territorial, dotando finalmente de cobertura de rede móvel toda a zona do barrocal e da serra do concelho”.

Segundo a Câmara, o próximo ano prevê também a construção do futuro Mercado Municipal de Quarteira, equipamento decisivo para a dinamização da economia desta cidade ligada ao mar e ao turismo, com uma dotação total de 20,9 milhões de euros.

Em termos de “Eficiência Energética/Hídrica e Ação Climática” (onde serão investidos 5,2 milhões de euros), serão concretizados diversos projetos no âmbito do Plano Municipal de Ação Climática, entre eles a aquisição de mais viaturas elétricas no universo municipal, o investimento em novos equipamentos no âmbito da eficiência hídrica, intervenções de melhoria da eficiência energética nos edifícios municipais com painéis fotovoltaicos, a criação de uma comunidade energética.

No que concerne ao acesso à “Cultura e ao Desporto” (com um investimento de 32 milhões de euros no horizonte de 5 anos), no sentido de promover “uma cidadania mais ativa e de reforçar a autoestima e a identidade cultural das gerações, bem como, para o desenvolvimento do potencial económico da economia local e regional”, é feita uma referência à criação do “Quarteirão Cultural em Loulé, a recuperação e musealização dos Banhos Islâmicos, a reabilitação do antigo Casino de Quarteira e o apoio a diversas associações, nomeadamente através da Bolsa de Teatro e apoio a residências artísticas”.

No que concerne ao Desporto, a obra do novo Pavilhão Desportivo Multiusos em Almancil, a reabilitação dos campos municipais de Loulé e de Quarteira, bem como, o investimento destinado aos contratos-programa com os clubes e associações para o desenvolvimento dos seus projetos desportivos, serão projetos para 2022.

“O Orçamento e GOP de 2022 é assim um documento evidentemente construído para as pessoas e suas famílias, com um foco no aumento inequívoco da qualidade de vida para todo o concelho”.

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_img

+ Populares

- Publicidade -festa-da-espiga

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste