CULTURA

Loulé recebe exposição de fotojornalismo até setembro

fotojornalismo gonçalo delgado nascimento
Créditos fotográficos: Gonçalo Delgado.

A Galeria de Arte do Convento Espírito Santo, em Loulé, vai receber até 4 de setembro a exposição com os trabalhos vencedores da edição deste ano “Prémio Estação Imagem Coimbra”, anunciou a autarquia.

O vencedor da edição deste ano é Gonçalo Delgado, com uma reportagem “que põe em confronto a vida e o espectro da morte, o nascimento e a agonia, representados pelas unidades de Obstetrícia e de Cuidados Intensivos covid-19, separadas apenas por um andar na mesma unidade hospitalar”, segundo o comunicado.

Já a Fotografia do Ano pertence ao galego Brais Lorenzo Couto, capturada durante o 98-º aniversário de uma utente num lar de idosos atingido pelo coronavírus.

Na mesma categoria, o júri atribuiu ainda uma menção honrosa a uma fotografia de Nuno André Ferreira, que mostra uma criança num cenário de incêndio florestal.

Nas restantes categorias os fotojornalistas premiados foram João Porfírio, Ana Brígida, Tiago Fonseca, Leonel de Castro, José Fernandes, Francisco Romão Pereira, Pedro Gomes Almeida e Paulo Nunes dos Santos.

A Bolsa Estação Imagem 2021 Coimbra foi entregue ao fotojornalista Nuno André Ferreira, “que se propõe desenvolver um trabalho sobre a vivência, tradição e importância histórica das Repúblicas estudantis, que são património da cidade e Universidade de Coimbra”.

O painel de júris da edição deste ano contou com a participação de Thomas Borberg, Jodi Bieber, Fabio Bucciarelli, Ainda Muleneh, Muhammed Muheisen e Pierre Fernandez.

Este prémio internacional de fotojornalismo disputa-se anualmente em Portugal desde 2010 e integra candidaturas de fotojornalistas dos PALOP, da Galiza e dos fotojornalistas portugueses ali residentes.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a sábado, entre as 10:00 e as 16:30, com entrada livre.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste