Maior catástrofe de sempre no Algarve foi há 257 anos

.

O dia 1 de novembro ficará gravado para sempre na história da região pelos piores motivos. Considerada a “mãe” de todas as tragédias que ocorreram no Algarve até hoje, o sismo de 1755, que culminou num enorme tsunami, tirou a vida a milhares de pessoas e arrasou sem piedade a maioria das localidades do litoral algarvio. Hoje, o perigo continua a ser bem real e a proteção civil adverte que é apenas uma questão de tempo até ao próximo grande abalo…!

Se um sismo de 8.7 na escala de Richter atingisse o Algarve poderia provocar perto de seis mil mortos, cerca de dez mil feridos e mais de 32 mil desalojados. O cenário é o pior possível, mas idêntico ao terramoto de 1755, pelo que a região deve estar preparada para tudo…

(Toda a reportagem na edição em papel do Jornal do Algarve – 1 de novembro)

Nuno Couto/Jornal do Algarve
Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste