ALGARVE ÚLTIMAS

Mais de 1,5 milhões de euros para investigação na UAlg

A ciência dos investigadores da Universidade do Algarve já rende mais de 1,5 milhões de euros. Ao todo, a UAlg conseguiu financiamento para sete projetos de investigação científica e desenvolvimento tecnológico

Sete novos projetos de investigação coordenados por elementos da Universidade do Algarve (UAlg) garantiram um financiamento global superior a 1,5 milhões de euros. Os sete projetos abrangem áreas tão diversas como a medicina e ciências da saúde, escavações arqueológicas para descobrir o passado humano no Algarve, previsões de longo-termo de evolução costeira, citricultura e química

 

A Universidade do Algarve conseguiu sete candidaturas aprovadas no âmbito do concurso “Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico” (SAICT-2017), aberto pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Nesta primeira fase, a UAlg vai receber um total que ultrapassa os 1,5 milhões de euros, o que equivale a um financiamento superior a 620 mil euros pelo programa operacional do Algarve, sendo o restante suportado pelo Orçamento de Estado.

O Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) conseguiu apoio para desenvolver dois projetos de investigação na área da medicina e ciências da saúde, num investimento de cerca de 500 mil euros.

O projeto “DevoCancer – Descodificação da evolução do cancro da mama através de assinaturas de expressão diferencial do alelo mutado”, liderado pela investigadora Ana Teresa Maia, tem como objetivo contribuir para a identificação e caracterização dos diferentes tipos de tumores, por forma a conseguir pensar novas estratégias de tratamento e gestão da doença…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 26 DE ABRIL)

NC|JA

Advertisements
%d bloggers like this: