Mais de 20 milhões de cigarros de contrabando apreendidos na Via Infante

Mais de dois milhões de cigarros das marcas Fortuna, Nobel, Pall Mall e Chestersfield, num valor equivalente a 339 mil euros, foram apreendidos na Via Infante perto de Olhão, durante uma operação de fiscalização de mercadoria, disse hoje fonte oficial.

Uma fonte da GNR explicou que no âmbito de uma ação de fiscalização de mercadorias levada a cabo no domingo na Via Infante, a GNR detetou no espaço de meia hora três carrinhas carregadas com cerca de 100 maços de tabaco, o equivalente a mais de dois milhões de cigarros.

As marcas Fortuna, Nobel, Pall Mall, entre outras, indiciam que aquele tabaco teria como destino o mercado espanhol, pois em Portugal não têm uma circulação significativa, explicou a GNR, referindo que o valor da mercadoria apreendida cifra-se em “339 mil euros” e que se fosse vendido em Portugal, o estado arrecadaria “284 mil euros em impostos sobre aquele tabaco”.

Na operação, a GNR além de apreender o tabaco e três carrinhas, deteve três indivíduos pelo crime de contrabando de circulação, cuja moldura penal prevê uma pena de prisão até três anos.

Os homens foram notificados para serem ouvidos hoje no tribunal de Olhão e conhecerem as medidas de coação.

***Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste