ENTREVISTA FUTEBOL ÚLTIMAS

Manuel José: “Afrontei sempre o poder corrupto instituído no futebol português”

O técnico vila-realense vai regressar à sua terra natal esta segunda-feira, para receber a Medalha de Mérito da autarquia (foto DV-Jornal do Algarve)
O técnico vila-realense vai regressar à sua terra natal esta segunda-feira, para receber a Medalha de Mérito da autarquia (foto DV-Jornal do Algarve)

O treinador, natural de Vila Real de Santo António, lamenta que o país continue a desvalorizar os êxitos que conquistou em África e que o colocam como o treinador português com mais títulos

Domingos Viegas

Em entrevista ao Jornal do Algarve, Manuel José, o treinador português com mais títulos, diz que o país continua a não reconhecer o seu trabalho nem os êxitos que tem conquistado ao longo da carreira, devido ao facto de ter “andado sempre a lutar contra a corrente” e por ter afrontado sempre “o poder maléfico e corrupto instituído no futebol português”.

Na mesma entrevista, publicada na edição impressa do Jornal do Algarve (nas bancas a partir desta quinta-feira), o técnico vila-realense recorda a tragédia de Porto Said, considerando-a “uma armadilha montada para matar os adeptos do Al-Ahly”, mas também lembra os êxitos e os títulos conquistados no Egito. Explica a sua saída do Al-Ahly e, mais recentemente, a saída do clube iraniano Persepolis, onde esteve antes de regressar a Portugal.

Aos 67 anos, Manuel José, que vai ser homenageado esta segunda-feira pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, analisa ainda o estado atual do futebol português e considera que no nosso país “não se faz formação, mas sim equipas para ganhar títulos”.

O técnico conta o que tem sido a sua vida nos últimos meses e garante que, para já, ainda não pensa em reformar-se…

…(Leia a entrevista completa na edição impressa do Jornal do Algarve, nas bancas a partir desta quinta-feira, 9 de maio)

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: