Marcelo-Jeronimo (1)
Marcelo Jerónimo
POLÍTICA

Marcelo Jerónimo candidata-se como independente à Câmara de VRSA

A candidatura independente “Construir o Futuro”, liderada por Marcelo Jerónimo, apresentou esta semana os candidatos às Juntas de Freguesia e Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António para as eleições autárquicas, anunciou o movimento.

O arqueólogo Marcelo Jerónimo é o candidato independente à presidência da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, que conta ainda com Paulo Simões, antigo comandante da corporação de bombeiros da cidade, como segundo candidato.

Para a Assembleia Municipal, o cabeça de lista é Alberto Ferreirinho, antigo chefe dos serviços de Finanças, enquanto o mandatário da candidatura independente é Dr. Jorge Dourado, médico de família no centro de Saúde de Vila Real de Santo António.

Para a Junta de Freguesia de Vila Real de Santo António, o nome apesentado é de Albertina Branquinho Murta, técnica de contabilidade, enquanto José Botequilha e o geógrafo Gonçalo Gil candidatam-se às Juntas de Freguesia de Monte Gordo e Vila Nova de Cacela, respetivamente.

Marcelo Jerónimo, de 32 anos, defende que “o desenvolvimento económico social pressupõe que o município seja gerido segundo um rigoroso código de valores. Transparência, isenção, honestidade, respeito escrupuloso pelos princípios da igualdade e da legalidade são condições para que a ação da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia estimulem o dinamismo económico e social em bases sustentáveis”, segundo o comunicado.

Segundo a nota de Imprensa, esta candidatura independente promete que “todos os empresários serão tratados de forma igual” e que, neste momento, “apenas as empresas privadas poderão estimular a economia local”.

Este movimento defende a aposta “num mercado transparente, onde o papel do município é apoiar uma economia competitiva e respeitadora da legalidade”, além da “juventude e na sua qualificação profissional, capaz de atrair empresas de maior valor acrescentado”.

“Apostamos no futuro e isso implica apostar em empresas competitivas, numa administração local transparente e que esteja ao serviço do desenvolvimento e num modelo de crescimento sustentado que vise a valorização e fixação da juventude”, conclui o movimento.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste