Marinha resgata dois canoístas ao largo de Vila Real de Santo António

Os dois tripulantes da embarcação preparavam-se para iniciara travessia do Atlântico
Os dois tripulantes da embarcação preparavam-se para iniciar a travessia do Atlântico

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, em articulação com a capitania do porto de Vila Real de Santo António, coordenou durante a tarde de ontem a operação de busca e salvamento de dois tripulantes, de nacionalidade húngara, que se encontravam a bordo de um “kayak”, 40 quilómetros a sul de Vila Real de Santo António.

​O MRCC recebeu o pedido de socorro cerca das 16h30, tendo enviado para o local a embarcação salva-vidas Nossa Senhora da Conceição, do Instituto de Socorros a Náufragos.

“A embarcação salva-vidas chegou ao local pelas 18h30, hora a que resgatou os dois tripulantes e iniciou a operação de reboque do “kayak” para terra, que já se encontrava com bastante água no seu interior”, explica fonte da Marinha.

A operação de salvamento só viria a estar concluída ao início da madrugada de hoje, quinta-feira.

Os desportistas náuticos, segundo informações entretanto recolhidas, pretendiam iniciar a travessia do Oceano Atlântico, mas acabaram por solicitar assistência devido a uma entrada de água a bordo do “kayak”.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste