DESPORTO ÚLTIMAS

Melhoria de equipamentos desportivos é prioridade para 2018 em São Brás

.
.

A Câmara Municipal de São Brás de Alportel garantiu que prevê um investimento global que pode alcançar os 200 mil euros, em 2018, na manutenção dos equipamentos desportivos e do parque de lazer do município.

Uma parcela importante do orçamento está destinada a um projeto global de reabilitação do Complexo de Piscinas Descobertas, que constituirá, simultaneamente, uma aposta turística, dado o potencial de atratividade deste equipamento de desporto e lazer.

Em 2017, este equipamento foi alvo de intervenções ao nível da substituição de filtros e tubagem da casa de máquinas e balneários. Para o próximo ano, a intervenção será global, integrando os tanques, as suas valências, os espaços exteriores e a ligação com os espaços adjacentes, nomeadamente o Jardim da Verbena.

O Pavilhão Municipal Dr. José de Sousa Pires, considerado um equipamento da maior importância na estratégia desportiva do município, será também alvo de um conjunto de intervenções, nomeadamente ao nível de pinturas trabalhos de manutenção, dado que esta é uma área que carece de atenção e trabalho permanentes.

Durante o ano de 2017, o Polidesportivo Municipal foi também alvo de trabalhos de isolamento e de reparação na cobertura dos balneários, através da realização de uma empreitada no valor de 3127 euros, assim como de trabalhos de pintura ao nível do exterior, tendo sido ainda instalada uma nova vedação no topo norte, intervenção inscrita no Plano Geral de Manutenções de Infraestruturas Desportivas.

Em 2017 foram ainda efetuados trabalhos de manutenção e renovação no Complexo de Piscinas Municipais Cobertas, no Campo Municipal sintético, no Pavilhão Municipal, entre outros equipamentos desportivos.

“A manutenção e a valorização dos equipamentos desportivos do concelho está na lista de prioridades municipais tanto ao nível da sua preservação como na promoção da boa utilização dos mesmos pelos seus utentes”, explica a edilidade.

Trata-se de “um trabalho que requer um planeamento faseado e rigoroso que sempre que possível acompanha os processos de financiamento comunitário disponíveis para esse efeito, em prol da melhor gestão do erário público”, frisa a autarquia.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste