Menos carros e mais crise

.

O Algarve anda cada vez menos de carro. A situação agravou-se com a introdução as portagens na Via do Infante (A22), em dezembro do ano passado. Para fugir às portagens, a maioria dos condutores desviou-se para a estrada nacional 125, que registou um aumento de quase três mil viaturas por dia. Porém, este número não chega para compensar os cerca de oito mil automóveis que deixaram de circular diariamente na Via do Infante no último ano. A grave crise económica que a região atravessa está a deixar apeados milhares de algarvios…

(Toda a reportagem na edição em papel do Jornal do Algarve – dia 13 de dezembro)

Nuno Couto/Jornal do Algarve

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste