ALGARVE ÚLTIMAS

Miguel Gomes vai coordenar questões do ensino básico e secundário da JSD

.

O jovem vila-realense Miguel Gomes foi eleito coordenador nacional do ensino básico e secundário da JSD, no I Congresso dos Estudantes Social Democratas, que decorreu no último sábado em Ansião.

À nova estrutura autónoma da Juventude Social Democrata (JSD), Estudantes Social-democrata(ESD), Miguel Gomes apresentou uma candidatura à liderança da nova Coordenadora Nacional do Ensino Básico e Secundário, tendo como lema “Um Compromisso com uma Educação De Futuro!”.

Recorde-se que a Coordenadora Nacional terá como competências delinear a política educativa da JSD, bem como “trazer as ideias, os anseios, as preocupações e os contributos dos estudantes para a JSD”.

Nesta candidatura, Miguel Gomes defende, entre outras matérias, um maior rigor na selecção dos docentes, um maior apoio e promoção do associativismo estudantil, bem como a valorização do ensino profissional “como opção de facto e não apenas como recurso para alunos com piores notas”.

Outras das medidas defendidas são a especialização dos professores do ensino primário numa das três áreas (estudo do meio, matemática e língua portuguesa) e partilha desses professores entre turmas em vez do professor único por turma a leccionar as três áreas.

Miguel Gomes defende, ainda, o reforço da autonomia das escolas na selecção de professores; responsabilização dos pais pelo comportamento dos alunos e perda de alguns direitos sociais pela sua ausência não justificada nas reuniões de pais que a escola convoca; redução do número de alunos por turma; educação de excelência, assente na qualidade dos programas e no rigor dos critérios de avaliação, revendo os programas e sincronizando-os dentro da mesma área curricular e uniformizando os critérios de avaliação que valorizem o mérito.

“Este não é só um compromisso com os atuais alunos, mas sim um compromisso com estes e com os alunos das gerações futuras! Queremos apresentar propostas que viabilizem uma educação estruturada, e que não tenha que sofrer alterações de seis em seis meses como no tempo das ‘outras senhoras'”, frisa o jovem social-democrata.

De acordo com Miguel Gomes, isto só é possível, “ouvindo os estudantes, os decisores políticos, os professores, os directores, os pais e encarregados de educação”

Recorde-se que Miguel Gomes foi o coordenador regional para o ensino básico e secundário, acompanhando o mandato de Bruno Inácio, actual presidente demissionário da JSD/Algarve. Era já membro da coordenadora nacional antes da sua autonomização, liderada por António Ribeiro Matos, e é actual vice-presidente da JSD/Vila Real de Santo António.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste