Ministra do Trabalho desmente manchete do Diário de Notícias

A ministra do Trabalho, Helena André, considera “um equívoco” a manchete de hoje do Diário de Notícias que lhe atribui a afirmação de que a função pública terá um aumento em linha com a inflação.

“É um equívoco que só pode resultar de um mal entendido”, afirmou a ministra numa conferência de imprensa convocada especificamente para tentar esclarecer esta matéria.

Helena André afirma que na entrevista o que disse foi que Portugal, ao decidir pelo congelamento de salários, tinha tido “uma opção distinta da adoptada por outros países, onde houve cortes salariais”.

“Quando falamos em opções distintas, existem várias variáveis que podem entrar em linha de conta quando depois se fazem os ajustes salariais e que uma delas é a inflação”, acrescentou.

“Não fiz qualquer anúncio nem podia fazer”, referiu a ministra, insistindo em que aumentos salariais na Função Pública são matéria que compete a outros membros do Governo, nomeadamente ao Ministro das Finanças.

“O que está no Plano de Estabilidade e Crescimento mantém-se”, frisou, e sobre o que será a política salarial, referiu que “como todos sabem ela dependerá do que forem as condições económicas do pais”, não havendo qualquer decisão nem sequer proposta para já.

O esclarecimento de Helena André surge na sequência de uma entrevista que deu ao Diário de Notícias, da qual resulta a manchete onde se lê “ministra garante que função pública terá aumento igual ao da inflação”.

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste