ATUALIDADE MUNDO

Ministro da Justiça do Luxemburgo é filho de portugueses

Felix Braz, Ministro da Justiça do Luxemburgo

O novo ministro da Justiça do Luxemburgo, é Felix Braz tal como o Jornal do Algarve havia noticiado, em primeira mão no nosso país,  essa possibilidade.

O novo ministro é  filho de imigrantes algarvios, de Castro Marim,  que chegaram ao Luxemburgo na década de 60 e é o primeiro luso-descendente a assumir uma pasta no governo, num país em que 13% da população é de origem portuguesa.

“Nunca é fácil tentar integrar-se noutro país, e as pessoas que vão para outro país para melhorar as suas vidas são verdadeiros heróis. A integração não se mede só em termos de cargos políticos. Há muitos portugueses que têm conseguido coisas valiosas aqui no Luxemburgo”, disse Felix Braz.

Felix Braz nasceu em 1966 no sul do Luxemburgo, mas só obteve a nacionalidade luxemburguesa em 1984, quando completou 18 anos.

Posteriormente foi secretário do grupo parlamentar dos Verdes, cargo que ocupou até 2000. Em 1994 foi eleito pela primeira vez para a autarquia de Esch-sur-Alzette, tendo assumido o cargo de vereador em 1999. Em 2004, tornou-se o primeiro deputado luso-descendente no Luxemburgo.

O Luxemburgo é um país independente desde 1867 e foi um dos seis Estados fundadores da Comunidade Económica Europeia. Tem pouco mais de meio milhão de habitantes, e os portugueses são a maior comunidade imigrante do país.

JA | Rede Expresso

Comentário

Carregue aqui para comentar
  • Os portugueses são actualmente cerca de 120 mil (números de 2013 do Consulado de Portugal no Luxemburgo; embora, segundo o Statec-Serviço de Estatisticas do Luxemburgo os portugueses sejam cerca de 85 mil) numa população total de 540 mil habitantes. Mas se forem considerados os lusófonos, o número de lusofalantes sobe para mais de 140 mil: c. de 8000 cabo-verdianos, c. de 5000 brasileiros, c. de 2000 guinneenses, c. de 1500 angolanos, c. de 10 mil luxemburgueses de origem portuguesa.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: