MUNDO ÚLTIMAS

Ministro indiano criticado por considerar homossexualidade uma doença

[mobileonly] [/mobileonly]

O ministro indiano da Saúde afirmou esta terça-feira que foi mal interpretado sobre o fato de considerar a homossexualidade uma doença e que a Sida teria sido levada para a Índia por estrangeiros.

Alvo de uma série de críticas, o ministro Ghulam Nabi Azad falou numa conferência de imprensa que foi “totalmente mal interpretado” nas suas declarações.

Ghulam Nabi Azad provocou a revolta de grupos de defesa dos direitos homossexuais.

A homossexualidade era considerada ilegal na Índia até 2009 e podia ser punida com dez anos de prisão.

Comentário

Carregue aqui para comentar
  • A homossexualidade para mim é tão “natural” como a
    toxicodependência, o alcoolismo, a violência, a pornografia, por aí fora.

    Vício, patologia, doença, aquilo que lhes quiserem  chamar, mas que se traduz numa descompensação psicológica na
    maioria das vezes com origem em problemas familiares, educação deficiente, traumas,
    abusos, frustração, rejeição, curiosidade… ou pior, como se tem assistido
    cada vez mais, por mera sugestão. Parece mais que óbvio que há um interesse doentio
    nos dias que correm em se promover o comportamento homossexual ao ponto de uma
    pessoa ser descriminada por ser heterossexual e não aceitar homossexualidade
    como natural. Agora um exemplo extremo: se um dia, espero que não, fizerem com
    a pedofilia o que estão a fazer com a homossexualidade, não vai ser novamente
    nem a televisão nem os jornais nem ninguém que me vai convencer a aceitar esse
    comportamento como natural, nem que tenha de passar por retrógrado ou ignorante
    outra vez.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: