ALGARVE

Monte Gordo: Nível de batérias é mais do dobro do limite máximo tolerado, diz a APA

PUB

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) informou hoje que o nível de bactérias detetado nos testes que levaram à interdição das praias de Monte Gordo e Santo António, no concelho de VRSA, é mais do dobro do limite máximo tolerado pelas autoridades ambientais e de saúde.

Segundo a agência, em resposta a questões endereçadas pelo JA, a bactéria coliforme Escherichia coli obteve um resultado de 2087 NMP/100mL, o que mais do que duplica o valor limite para esta bactéria, de 1000 NMP/100mL, de acordo com a avaliação de amostras únicas.

A amostra foi recolhida no dia 27 de julho e o resultado foi conhecido hoje, dia 29 de julho, .

De acordo com a APA, a Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve desaconselha o banho naquelas duas praias do concelho de Vila Real de Santo António, desaconselhamento que irá manter-se “até que haja um resultado que permita a prática balnear, de acordo como valor limite referido”.

Informa que foi já recolhida nova amostra hoje, dia 29 de julho e que, durante o dia de amanhã, a informação será atualizada.

“Durante o período de desaconselhamento do banho, os utentes não devem tomar banho, sobretudo grupos de risco, quer sejam pessoas idosas, quer sejam crianças.

Qualquer sintoma anormal deverá ser reportado às autoridades de saúde”, conclui a APA.

A Agência, através da sua ARH-Administração da Região Hidrográfica do Algarve, em articulação com a Autoridade de Saúde, desaconselhou hoje o banho nas praias de Monte Gordo e Santo António, no concelho de Vila Real de Santo António.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: