CULTURA

Morreu Bento Serra, presidente da ARPI e ex-delegado da Cultura do Algarve

Faleceu este sábado, dia 6 de fevereiro, em Faro, o ex-delegado da Cultura do Algarve Manuel Bento Serra, que atualmente era presidente da Direção da ARPI (Associação dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Faro), anunciou aquela associação.

Em nota de Imprensa, a ARPI elogia em Bento Serra o “homem de invulgar cultura e grande humanismo, [que] foi um mentor e acérrimo militante destas duas causas – a cultura e a solidariedade social.

Delegado Regional da Secretaria de Estado da Cultura e Director do Departamento Cultural da Câmara Municipal de Faro, teve intervenção política na área autárquica farense e na vida regional.

À ARPI, no desempenho de vários cargos dirigentes (Presidência da Assembleia Geral e da Direção) dedicou “muita da sua inteligência, vontade e saber. Assumiu-se sempre como um empenhado defensor da prevista construção da sede – lar em terreno para o efeito cedido pelo Município na zona da Lejana”, diz a nota da ARPI.

“Nesta hora de luto a Associação dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Faro (A.R.P.I.) apresenta as mais sentidas condolências à sua Exma. Família, partilhando da sua dor e tributa a maior admiração e homenagem à memória do Dr. Manuel Bento Serra”, prossegue.

Também a concelhia de Faro do Partido Socialista lamentou profundamente a morte do Dr. Manuel Bento Serra, “figura ilustre desta cidade”.

“O seu nome ficará para sempre ligado à atividade cultural, nomeadamente enquanto delegado regional da Cultura do Algarve, enquanto Técnico Superior na Cinemateca de Lisboa e como Diretor de Departamento na Câmara Municipal de Faro”, destaca o PS de Faro.

A cerimónia fúnebre de Manuel Bento Serra efetua-se com caracter reservado à família, devido à situação provocada pela pandemia.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste