MUNDO ÚLTIMAS

Motim em prisão venezuelana já fez 22 mortos

A mais recente revolta feita por prisioneiros da Venezula já matou 22 pessoas. Os presos estão armados e protestam contra as celas superlotadas. Para tentar controlar a situação, o governo de Hugo Chávez anunciou esta semana um novo ministro responsável pela prisões.

“Reconhecemos que muito trabalho é necessário e nós lamentamos este incidente”, disse o ministro do Interior, Tareck El Aissami.

Os meios de comunicação social e os familiares dos reclusos dizem que o número real de mortos é muito maior. O número apresentado pelo governo foi de 21 prisioneiros e um visitante, que morreram durante uma troca de tiros entre os grupos que controlam dois blocos da prisão Rodeo I, na cidade de Guarenas.

A prisão, que, segundo grupos de direitos humanos, foi construída para 750 pessoas, acolhe 3.600 presos. No país, os 49 mil reclusos vivem num espaço criado para suportar 13 mil.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste