Movimentos anti-petróleo protestam à porta da Câmara de Loulé

.

O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai levar a cabo mais um protesto à porta da Câmara de Loulé, na sexta-feira, dia 15, às 17h00, contra a autorização dada pelo Governo para a prospeção e exploração de petróleo ao largo de Aljezur.

Uma comitiva do MALP vai endereçar uma carta ao presidente da Câmara de Loulé onde quer saber o que os autarcas do Algarve vão fazer para travar o furo de petróleo.

O Movimento Algarve Livre de Petróleo informa ainda que pretende manchar simbolicamente o chão da entrada da Câmara de Loulé com roupas e cartolinas pretas, “de modo a deixar bem claro o seu repúdio” pela autorização dada pelas entidades responsáveis neste “processo macabro”.

Entretanto, a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) divulgou um vídeo, com o ator Luís Vicente, onde simula o discurso que gostaria de ouvir do Presidente da República no Dia de Portugal e lembra as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa, proferidas numa visita a Faro em 2017, sobre ser mais fácil ir à lua que explorar petróleo no Algarve.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste