Susana de Medeiros_Trinta e Sete
Obra de Susana de Medeiros
CULTURA

Museu Municipal de Faro reabre com duas exposições

O Museu Municipal de Faro vai reabrir a 6 de abril com duas novas exposições, no âmbito do ciclo de arte contemporânea Eklektikós, anunciou a Artadentro

O museu vai funcionar de terça a sexta-feira, das 10:00 às 18:00 e ao sábado e domingo das 10:30 às 17:00. 

Até 16 de maio, estará patente a exposição “Trinta e Sete” de Susana de Medeiros, que “designa uma linha imaginária tomada como ponto de partida a que corresponde um mesmo grau de latitude em ambos os hemisférios”, segundo o comunicado. 

 “A artista fala-nos de latitudes espelhadas, de dois territórios situados em latitudes parcialmente coincidentes: entre 36º a 38º Norte no Algarve e 37º a 40º Sul no Chile – nas regiões de Bio-Bio, Araucania e Los Rios. É esta geografia que delimita o território de investigação artística de Susana de Medeiros, que toma o território como um laboratório em que a deslocação é instrumento cognitivo e projectual que gera conhecimento”, acrescenta. 

A artista promove ainda passeios e caminhadas como parte integrante desta exposição, que decorrem a 2, 16 e 23 de maio nos concelhos de Vila do Bispo e Aljezur. 

Já até 30 de maio também estará patente a exposição “A Interminável Tarefa Taxonómica” de João Paulo Serafim, com fotografias realizadas entre 2009 e 2021. 

“João Paulo Serafim apropria-se voluntariamente de uma designação normalmente associada à classificação biológica, para aludir às práticas museológicas de catalogação e organização, desde o primordial cabinet de curiosités — colecções que surgem no séc.XIV, onde se recolhiam objectos heterogéneos e inéditos, agrupados em quatro categorias: artificialia ou mirabilia, naturalia, exotica e scientifica —, propondo uma reflexão em sentido lato, sobre a função do museu contemporâneo”, refere em comunicado. 

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste