Nestlé retira do mercado lasanha com carne de cavalo

.
.

Produto destinava-se à hotelaria e restauração em Portugal. Já os alimentos retirados em Espanha e Itália – raviolli e tortellini de carne Buitoni – não estavam à venda em Portugal, garante a multinacional.

A Nestlé está a retirar do mercado português uma lasanha pré-cozinhada, destinada apenas ao sector da hotelaria e restauração, disse ao Expresso fonte do gabinete de comunicação da multinacional.

A empresa tinha anunciado hoje a retirada dos mercados italiano e espanhol dos seus produtos de massas com carne, depois de ter descoberto vestígios de ADN de cavalo superiores a 1 %. No caso dos raviolli e tortellini Buitoni, a mesma fonte garante não estarem à venda em Portugal.

A Nestlé decidiu suspender a distribuição de todos os produtos que contêm carne bovina e fornecidos pela empresa alemã H.J. Schypke, subcontratada pelo seu fornecedor belga JBS Toledo, filial da empresa brasileira na Europa, que também anunciou hoje que vai suspender a venda de carne europeia.

“Os nossos testes revelaram vestígios de ADN de cavalo nos produtos” acima de 1 % que a Agência de Segurança Alimentar britânica considera como um indicador de “adulteração ou grave negligência”, refere um comunicado da sede da multinacional.

A Nestlé – que na semana passada garantia a qualidade “de todos os seus produtos com preparados de carne de bovino” e anunciava o reforço do seu controlo de qualidade – sublinha que não se trata de um assunto de segurança alimentar, mas salienta que o erro na etiquetagem supõe que os produtos “não reúnem as exigências de qualidade muito elevadas que os consumidores esperam de nós”.

Nas últimas semanas foi descoberto o uso de carne de cavalo em produtos alimentares comercializados em vários Estados membros da União Europeia.

Mafalda Ganhão (Rede Expresso)
Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste