MUNDO

Nobel da Medicina premeia dois americanos e um alemão

[mobileonly] [/mobileonly]
.
.

Os americanos James E. Rothman e Randy W. Schekman e o alemão Thomas C. Südhof são os vencedores do prémio Nobel de Medicina de 2013, anunciou hoje o júri.

O trio de investigadores foi galardoado pelas descobertas no sistema de transporte no interior da célula, nomeadamente o que faz com que “as moléculas sejam conduzidas até ao local pretendido no interior da célula”, segundo o comité Nobel. .

Os investigadores premiados trabalham todos em universidades norte-americanas. As suas descobertas tiveram um impacto importante na compreensão de como as moléculas são colocadas dentro e fora da célula e têm implicações para o trabalho em várias doenças, incluindo distúrbios neurológicos e imunológicos, bem como diabetes, acrescentou o comité do Nobel, citado pela agência Lusa.

Cada célula funciona como uma fábrica que produz e exporta moléculas. “Por exemplo, a insulina é produzida e libertada no sangue e sinais químicos (neurotransmissores) são enviados de uma célula nervosa para outra. Estas moléculas são transportadas através da célula em pequenos pacotes chamados vacuolos”, explica o comité.

Os três laureados “descobriram os princípios moleculares que determinam como essa carga é entregue na célula, no sítio certo e na altura certa”, segundo adianta o mesmo comité.

Paulo Luís de Castro (Rede Expresso)

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste