Nova vigília contra o petróleo no dia 26 de abril em Loulé

.

No próximo dia 26 de abril vai realizar-se uma nova vigília, à porta da Câmara de Loulé, contra a prospeção e exploração de petróleo ao largo de Aljezur. O protesto terá lugar às 16h30 e é promovido pelo Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP).

“Passados quase dois meses do pedido de audiência urgente ao primeiro-ministro, feito pelos autarcas do Algarve, em Loulé, a 22 de fevereiro de 2018, sobre o furo de Aljezur, o MALP não se conforma com o silêncio do Governo”, salienta em comunicado o movimento anti-petróleo.

O MALP pede ainda que o secretário de Estado da Energia preste declarações no Parlamento para explicar os contornos da autorização da prospeção de petróleo ao largo de Aljezur, no passado dia 8 de janeiro de 2018, tal como solicita que o presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Nuno Lacasta, explique aos portugueses “os motivos de passar a responsabilidade da decisão de levar a cabo uma Avaliação de Impacto Ambiental (AIA) sobre o furo de petróleo para os cidadãos, através de consulta pública sobre uma possível AIA, subvertendo as suas funções e a defesa da missão da Agência Portuguesa do Ambiente, de defender a qualidade do ambiente no nosso país”.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste