Novo hospital começa a ganhar forma em 2019

O projeto do Hospital Central do Algarve já tem dez anos mas ainda não saiu do papel

Todas as bancadas aprovaram a proposta que prevê o início, já no próximo ano, dos procedimentos para a construção do Hospital Central do Algarve, uma obra considerada há muitos anos como uma “necessidade urgente para a região”. Após mais de uma década de impasse, a nova unidade de saúde – que está na lista das prioridades desde 2006 – poderá finalmente sair do papel. Em 2019 será divulgado o calendário das obras deste grande projeto regional, que ascende aos 300 milhões de euros

Após a votação final do Orçamento de Estado para o próximo ano, na semana passada, ficou confirmado que não há verbas para o início da construção do Hospital Central do Algarve em 2019. Ainda assim, depois de muitos anos de discussão pública sobre o assunto, o PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN e Verdes aprovaram, por unanimidade, a proposta para o arranque dos diversos procedimentos que antecedem a construção desta nova unidade de saúde.

Isto não significa que a construção do novo hospital arranque já no próximo ano, mas irá permitir avançar com os diversos procedimentos para que isso possa acontecer nos anos seguintes, até porque o terreno já está garantido. O grande problema será a dimensão deste investimento, que ascende aos 300 milhões de euros, uma verba que o país terá muita dificuldade em mobilizar. Depois, caberá à administração central agilizar os procedimentos administrativos para que a população e os visitantes do Algarve tenham, no mais curto espaço de tempo, um novo hospital ao serviço da região…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 6 DE DEZEMBRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste