ALGARVE COVID-19

Número de infetados na festa de Lagos sobe para 39, diz a DGS

A diretora-geral de Saúde informou hoje que já foram detetados 39 casos de infeção pelo novo coronavírus, mais 23 do que os 16 que eram conhecidos até ontem.

Graça Freitas, que falava durante a apresentação do Boletim Dário do organismo sobre a pandemia de covid-19, fez o ponto da situação no Algarve na sequência dos casos positivos relacionados com a festa realizada no fim-de-semana em Odiáxere, Lagos, na sequência de uma festa com 200 pessoas.

Graça Freitas confirmou que estão a ser detetados os locais de residência destas pessoas, já que são “de vários sítios” e encontram-se, assim, “disseminadas por várias regiões e concelhos do Algarve”. O boletim desta terça-feira dá conta de seis novos casos em Lagos, a totalidade de todos os casos no Algarve.

No total há 11 pessoas infetadas em Lagos, onde se realizou a festa com cerca de 200 pessoas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde desta quarta-feira. Estes seis novos casos detetados nas últimas 24 horas correspondem ao total de novos casos no Algarve, apesar de Graça Freitas ter confirmado haver outros casos positivos, mas que não chegaram a tempo de ser incluídos no boletim. O boletim de terça-feira apontava para cinco infetados em Lagos.

De acordo com a DGS, entre os infetados com ligações a esta festa estão duas crianças de 11 e 7 anos que foram contagiadas pelas mães, que estiveram na festa.

Fonte da ARS do Algarve disse, entretanto, ao JA que dois dos infetados, de 39 e 27 anos, continuam internados.

O presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve, Paulo Morgado, alerta que ocorreram “mais festas por todo o Algarve”. O presidente da Câmara de Lagos, Hugo Pereira, pede “penalizações para quem não cumpre as regras”. Graça Freitas pediu “muito cuidado com este tipo de manifestações”, porque envolvem contacto físico. 

O evento foi organizado para celebrar o aniversário de uma rapariga de 28 anos no salão de festa do Clube Desportivo de Odiáxere, entidade que alugou o espaço para uma festa para 10 a 15 pessoas. No entanto estiveram presentes “cerca de 200 pessoas e poucas usavam máscara”. A festa terminou apenas depois da intervenção da GNR.

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: