Número de mortos na estrada continua a aumentar

Desde o início do ano, já morreram 17 pessoas nas estradas algarvias, mais uma do que em igual período de 2018. Há ainda a registar quase 100 feridos graves, num total de 4.600 acidentes, à média de 25 por dia. Analisando a evolução dos últimos 12 meses, a situação revela-se ainda mais dramática, com o Algarve a registar 40 mortos, mais 12 em relação ao período homólogo anterior…!

No ano passado, a Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária (ANSR) considerou a EN125 a estrada com mais pontos negros a nível nacional. Apesar disso, e mesmo depois das obras de emergência realizadas no último ano, o troço entre Olhão e Vila Real de Santo António continua a precisar de uma intervenção urgente, que ninguém sabe ao certo quando vai começar.

Assim, o drama de quem transita nesta – mas também noutras estradas do Algarve – continua, principalmente nos meses de verão, com os acidentes rodoviários e o caos no trânsito a sucederem-se, todos os dias, em vários locais.

Os últimos dados divulgados pela ANSR revelam que o número de acidentes na estrada até diminuiu ligeiramente relativamente ao ano passado. Entre o primeiro dia de janeiro e o último dia de junho de 2019 registaram-se 4.600 acidentes, menos 55 do que no período homólogo do ano passado.

No entanto, apesar de o número de acidentes ter diminuído, o número de mortos e feridos graves tem aumentado. De acordo com o último balanço da ANSR – no mesmo período –, morreram este ano 17 pessoas. Comparando com 2018 – ano em que se registaram 40 vítimas mortais –, morreu mais uma pessoa.

Mas estes números podem ainda tornar-se mais “negros”, já que os dados das autoridades dizem apenas respeito às vítimas mortais cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital, não contabilizando, por enquanto, as mortes a 30 dias.

Já os feridos graves seguem a mesma tendência das mortes nas estradas algarvias. Comparando ao ano passado, em 2019 registaram-se mais quatro feridos graves – um total de 90 em 2018 e 94 em 2019.

Quarenta mortos nos últimos 12 meses

Analisando a evolução dos últimos 12 meses, a situação ainda é mais dramática: de 1 de julho de 2018 a 30 de junho de 2019, o Algarve registou 40 mortos, mais 12 vítimas mortais do que no período homólogo anterior…!

Nesta estatística, a região algarvia só é ultrapassada pelo Porto (57 mortos nos últimos 12 meses), Setúbal (46) e Lisboa (45).

Há ainda a lamentar um total de 205 feridos graves nas estradas do Algarve, mais 10 em relação aos mesmos 12 meses anteriores. Números que preocupam e fazem pensar…!

Segundo apurou o JORNAL do ALGARVE, desde o ano 2009 e até à semana passada morreram 390 pessoas nas estradas algarvias, com os acidentes rodoviários a provocarem ainda milhares de feridos graves…

Leia a notícia completa na edição em papel.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste