Olhanense com equipa “forte, coesa e humilde”

O Olhanense vai apostar numa equipa “forte, coesa e humilde” para a temporada 2010/11 da Liga, na qual o objetivo volta a ser a manutenção no principal escalão português, disse o vice-presidente para o futebol.

“Estamos a fazer de tudo para criar um grupo bastante coeso, unido e com muita qualidade para que o Olhanense cada vez mais consiga cimentar-se ao nível da primeira Liga do futebol português”, afirmou Filipe Sousa, ao fazer a antevisão da próxima temporada numa entrevista à Sporting Clube Olhanense TV, divulgada no site do clube.

Sousa acrescentou que “o clube tem que se manter para que continue a crescer” e disse “olhar de forma positiva para a próxima época, de modo a conseguir atingir aquele patamar da tranquilidade – do 10.º lugar para cima”.

Sobre o treinador Daúto Faquirá, que sucede a Jorge Costa, técnico que abandonou o clube no final da temporada passada depois de ter conseguido a manutenção na Liga e a subida na época anterior, Sousa garantiu que “a escolha foi muito ponderada” e discutida entre todos os responsáveis do clube.

“É um treinador que recai sobre a escolha de toda a gente por unanimidade. É o treinador indicado para o nosso clube”, assegurou o vice-presidente, revelando que o Olhanense já tinha tentado contratar o técnico no passado, mas sem sucesso.

No que se refere à constituição do plantel, Filipe Sousa afirmou que “todos os jogadores são contratados com um critério de exigência bastante elevado para que seja produzido um futebol positivo no Olhanense”.

Sousa disse ainda que ter jogadores por empréstimo é uma política que vai ser seguida, porque o Olhanense “ainda não é um clube que tem os alicerces montados para ter todos os jogadores com contrato”.

“No entanto, estamos a dar passos muito certos nesse sentido. Cada vez mais vamos tentar que os jogadores sejam nossos”, acrescentou.

O treinador Daúto Faquirá afirmou que quer “dar continuidade ao trabalho realizado nas duas últimas épocas” pelo clube algarvio, no qual a equipa técnica liderada poe Jorge Costa fez “um bom trabalho”

“O grande objetivo é a manutenção, mas queremos fazer melhor do que na temporada passada”, disse o técnico, referindo-se ao 13.º posto alcançado pelo clube de Olhão em 2009/10.

Daúto Faquirá garantiu ainda aos “fervorosos adeptos” do Olhanense que “podem esperar tudo” da sua equipa técnica, que “irá dar tudo pelo clube”.

“O Olhanense é um clube do qual tenho vindo a gostar com o passar dos anos, pelo contacto que tive nos jogos como adversário. Tem adeptos fervorosos que gostam de futebol e é um clube à minha imagem, que foi conquistando o seu espaço a pulso”, disse ainda o técnico dos algarvios, que fazem a segunda época consecutiva na primeira liga portuguesa.

MHC (Lusa)

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste