Olhão: Festival do Marisco espera seis enchentes até quarta-feira

.

.

Agir, Pedro Abrunhosa, Ana Moura, Vanessa da Mata, Calema e Xutos & Pontapés garantem a animação musical

DOMINGOS VIEGAS

O Jardim Pescador Olhanense já está preparado para receber, a partir desta sexta-feira e até à próxima quarta-feira, a 33.ª edição do Festival do Marisco de Olhão. A inauguração acontece às 18h00 e será presidida pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Trata-se de um evento que é um dos principais cartazes turísticos da região, uma referência, em termos de certames gastronómicos, e ponto de passagem obrigatório, anualmente, para milhares de pessoas, entre residentes e turistas que estão nesta altura na região. Durante seis dias, o visitante pode voltar a desfrutar de camarão, sapateira, amêijoa, lagosta, lavagante, ostras, arroz e açorda de marisco, ‘paellas’, cataplanas, entre outros pratos de marisco.

.

A animação musical será garantida com os concertos de Agir (sexta-feira), Pedro Abrunhosa (sábado), Ana Moura (domingo), Vanessa da Mata (segunda-feira), Calema (terça-feira) e Xutos & Pontapés (quarta-feira).

Em cada um dos primeiros três dias os bilhetes custam 7 euros, passando para os 9 euros nos três últimos dias. Refira-se que as crianças até aos seis anos não pagam e as que tiverem entre sete e os 12 anos têm um desconto de 50 por cento. A organização, a cargo da Câmara de Olhão e da empresa municipal Fesnima, voltou a apostar no chamado “bilhete festival” que dá acesso aos seis dias e está a ser vendido, apenas através da Ticketline, por 42 euros (10 euros para crianças).

.

.

A organização assegura “milhares de lugares sentados”, para que o visitante possa desfrutar da música enquanto saboreia o seu marisco. Um recinto tem um total de 9.600 metros quadrados que vão acolher, além do palco por onde irão passar todos os artistas, nove espaços de venda de marisco e sete de bebidas.

Mas o festival não será só marisco, já que a organização garante mais dois espaços de venda de comida alternativa ao marisco, 13 de artesanato e promocionais, bem como quatro de doçaria. O recinto inclui, ainda, o Kids Club, destinado a atividades para os mais novos.

As expectativas apontam para números semelhantes aos das edições anteriores, o que significa que este ano deverão passar pelo recinto, mais uma vez, cerca de 50 mil pessoas. Na edição do ano passado estiveram no festival mais de 50 mil pessoas, ultrapassando os números do ano anterior, e foram vendidas mais de 10 toneladas de marisco.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste