PAN “investe” contra as touradas em Albufeira

O PAN Albufeira emitiu no final da semana passada um pedido de fiscalização às entidades competentes para que seja averiguada a legalidade dos “espetáculos de recortes” a decorrer no recinto tauromáquico do município de Albufeira.

“Os ‘recortes’ são um ‘espetáculo’ onde intervêm indivíduos que executam saltos e acrobacias, com o objetivo de evitar que sejam colhidos pelo touro. No entanto, esta é uma atividade que não se encontra prevista no Regulamento de Espetáculos Tauromáquicos (RET), nem se integra no conceito de espetáculo de natureza artística. Acresce ainda que a licença para a tourada não é extensiva aos recortes, ou seja, esta atividade carece de licenciamento próprio”, referem os membros do PAN Albufeira.

Desta forma, o partido quer saber se “esse licenciamento foi ou não pedido pelos promotores do espetáculo em causa e se foi concedido, tendo por isso solicitado esta fiscalização”, afirma a concelhia de Albufeira do PAN.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste