Parlamento aprova levantamento urgente do património em risco na costa algarvia

.

O projeto de resolução em que se recomenda ao Governo o levantamento urgente de todas as infraestruturas patrimoniais em risco e um plano de intervenção e mitigação de riscos da faixa costeira, reposição de cordões dunares e dragagens no Algarve, foi aprovado esta sexta-feira na Assembleia da República.

A iniciativa parlamentar apresentada pelo Bloco de Esquerda teve os votos favoráveis de todas as bancadas parlamentares, à exceção do PS que optou pela abstenção.

No documento é recomendado ao Governo que proceda a um levantamento urgente de todas as infraestruturas patrimoniais em risco no litoral do Algarve, de que é exemplo a Fortaleza de Cacela Velha, relacionadas com o desmoronamento de arribas, assoreamento de barras e canais e destruição dos cordões dunares da Ria Formosa; a elaboração, até ao início do próximo verão, de um Plano de Intervenção e Mitigação de Riscos da Faixa Costeira Algarvia, levando à realização de obras nas infraestruturas danificadas pelos temporais e agitação marítima; e a concretização, com urgência, de um Plano para a reposição de cordões dunares e de dragagens de todas as barras, canais e portos gravemente assoreadas no Algarve, com destaque para as áreas da Ria Formosa e da Ria de Alvor.

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste