Parlamento grego aprova pacote de austeridade à tangente

.

Com 153 votos a favor em 300 deputados, o parlamento grego aprovou o pacote de austeridade.

O pacote de austeridade apresentado pelo governo de Atenas no parlamento acaba de ser aprovado à tangente, por 153 votos a favor, num total de 300 deputados. Votaram contra 128. Surpreendentemente, 18 deputados não votaram e declararam “presente”, sendo a posição contada como abstenção. Nestas 18 abstenções contaram-se deputados dos três partidos da coligação.

Na sequência de vários deputados da maioria que sustenta a coligação governamental não terem seguido a disciplina de voto, o PASOK (socialistas) acaba de expulsar seis deputados e a Nova Democracia (direita) um. Recorde-se que a coligação é integrada pela Nova Democracia, o PASOK e a Esquerda Democrática e o governo é chefiado por Antonis Samaras, chefe da Nova Democracia. O terceiro parceiro da coligação, a Esquerda Democrática (ED), a força política mais pequena no governo, que dispõe de 16 deputados no parlamento, não votou a favor do pacote.

Em suma, a atual coligação governamental conta, depois das sete expulsões ocorridas esta noite, com 126 deputados fieis da ND, 27 fieis do PASOK e 16 deputados da ED, cujo posicionamento é incerto. No entanto, a liderança da ED indicou votar a favor da proposta de Orçamento de Estado (OE) para 2013 no domingo. As principais forças da oposição são o Syriza (esquerda radical), com 71 deputados, e os Gregos Independentes (direita) com 20 deputados. Mais um deputado deverá abandonar o PASOK.

A aprovação deste pacote de austeridade foi antecedido esta manhã por uma votação favorável à sua constitucionalidade. E na sequência da aprovação do pacote – que envolve várias das designadas reformas estruturais e cortes adicionais na despesa de 13,5 mil milhões de euro -, o parlamento grego deverá votar no domingo a proposta de OE para 2013.

A aprovação destes dois documentos é exigida pela troika para libertar a tranche de 31,5 mil milhões de euros no quadro do segundo plano de resgate. As decisões do parlamento grego serão apreciadas na reunião do Eurogrupo (17 ministros das Finanças da zona euro) na próxima segunda-feira.

Entre 70 mil a 100 mil manifestantes mantiveram-se desde as 18h locais em frente ao Parlamento na Praça Syntagma protestando contra o pacote de austeridade.

Jorge Nascimento Rodrigues (Rede Expresso)
Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste