paulo sergio portimonense desporto futebol
Paulo Sérgio, treinador do Portimonense.
DESPORTO

Paulo Sérgio diz que Portimonense vai a Guimarães para ganhar

O treinador Paulo Sérgio assegurou esta quinta-feira que o Portimonense vai defrontar o Vitória de Guimarães “focado em discutir a vitória”, no jogo da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“É mais um jogo em que vamos discutir os três pontos, que queremos muito, e vamos à procura deles sabendo que será uma tarefa difícil”, disse o treinador dos algarvios.

Paulo Sérgio falava na conferência de imprensa de antevisão à partida que opõe o Vitória de Guimarães, sexto classificado, com 13 pontos, ao Portimonense, 16.º, com sete pontos, no sábado, às 15:30, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Para o treinador, este é mais um jogo em que a equipa “deve estar concentrada e focada para aquilo que são as suas missões, o plano estratégico e a competição pelos pontos”.

“Temos de estar muito concentrados naquilo que são os detalhes em cada partida, porque esse foi o crescimento que apresentámos no jogo da jornada anterior com o Nacional da Madeira”, destacou.

Paulo Sérgio antevê um confronto difícil com o Vitória de Guimarães, “equipa que introduziu vários elementos novos no grupo, atletas de qualidade, que teve uma alteração na liderança técnica e que está a seguir o seu caminho com vitórias”.

“É um grande clube do futebol português, que tem estado a somar pontos, com muita qualidade técnica”, apontou.

Para o treinador, a vitória conseguida em casa na jornada anterior diante do Nacional da Madeira (1-0) não pode provocar “relaxamento da equipa”, a qual deverá manter a os níveis de concentração evidenciados no jogo com os madeirenses.

“Não podemos relaxar porque conseguimos uma vitória, mas temos de estar muito concentrados, à procura de sermos competentes para defrontarmos uma excelente equipa como é o Vitória de Guimarães”, alertou.

Paulo Sérgio considerou que a pressão é sempre a mesma em cada jogo: “Temos de ser nós próprios a colocar essa pressão em cima de cada um de nós, porque se queremos alguma coisa da vida não podemos relaxar”.

O treinador da equipa algarvia prevê um campeonato “longo e duro” exemplificando com o facto de “entre o último e o sexto classificados existir um número escasso de pontos”. 

“A nossa saúde mental e equilíbrio emocional serão fundamentais para atingirmos os objetivos”, concluiu.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste