Peugeot fez apresentação mundial de novo carro no Algarve

O protótipo hidrido de quatro rodas motrizes está equipado com um bloco V6 biturbo de 2,6 litros, com 700 cavalos de potência

A Peugeot fez esta sexta-feira a apresentação mundial do novo 9X8 Hypercar no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), um modelo híbrido elétrico de competição com estreia marcada para o Campeonato do Mundo FIA de Resistência, em julho, em Monza (Itália).

Concebido e desenvolvido pelas equipas da marca francesa, o protótipo hidrido de quatro rodas motrizes está equipado com um bloco V6 biturbo de 2,6 litros, com 700 cavalos (cv) de potência, que distribui potência às rodas traseiras, enquanto o motor elétrico com 272 cv envia potência às rodas dianteiras.

Com 4,995 metros de comprimento, dois de largura, 1,145 de altura e um peso de 1.030 quilogramas, o carro com que a Peugeot regressa às provas de resistência na categoria LMH, conta ainda com um inversor baseado em carboneto de sílico e uma bateria de alta tensão de 900 V.

O novo modelo destaca-se pela ausência de uma asa traseira, o que, para a diretora-geral da Peugeot, Linda Jackson, “quebrou todos os códigos em vigor”.

Em conferência de imprensa, a responsável referiu que a nova criação da marca, “resultou num desafio muito grande em termos tecnológicos e de engenharia, padrões que se identificam com a postura da empresa”.

“É um exemplo de criatividade que mostra toda a revolução tecnológica, com elevados padrões de engenharia, ao mesmo tempo é um carro caracterizado por uma postura forte e um design revolucionário”, apontou.

- Publicidade -

Linda Jackson adiantou que a conceção do 9X8 Hypercar “contribui para a transferência de tecnologias das corridas para os modelos de série, em termos de eletrificação”, acrescentando que as “lições apreendidas no desenvolvimento deste novo modelo “estão já em preparação para poderem ser implementadas noutros projetos da marca”.

Depois de cinco meses de testes em pista, o Peugeot 9X8 Hypercar estreia-se em competição na quarta ronda do Campeonato do Mundo FIA de Resistência (WEC), em 10 de julho, nas 6 Horas de Monza, em Itália.

Só em 2023 é que o novo modelo irá participar nas “24 Horas de Le Mans”, ano em que se assinala o centenário da mítica prova de resistência.

O brasileiro Gustavo Menezes, um dos seis pilotos oficiais das duas formações que vão alinhar nas 6 Horas de Monza, disse aos jornalistas que “o novo modelo é diferente de todos os outros carros que conduziu no passado, devido às inovações tecnológicas”.

“O carro tem tido um desenvolvimento muito interessante com bons comportamentos em pista, apesar de ser um carro mais pesado, com outra dinâmica, mas a adaptação tem corrido muito bem”, avançou o piloto.

Segundo Gustavo Menezes, o 9×8 Hypercar tem “muita tecnologia nova, coisas que não tinha experimentado no passado e é como começar do zero”.

O piloto adiantou que os maiores problemas “já foram superados, faltando apenas resolver alguns de menor importância”.

“Está tudo a correr bem e existe uma grande ansiedade para entrarmos em competição”, concluiu.

Os Peugeot 9X8 vão continuar em testes até segunda-feira no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Depois das 6 Horas de Monza, o novo modelo voltará à competição de resistência em setembro, nas 6 Horas de Fuji (Japão) e nas 8 Horas do Bahrain, em novembro.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste