PJ deteve 94 “mulas de dinheiro” e apreendeu 530 mil euros

Aquela polícia, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica – UNC3T, em articulação com a EUROPOL/European Cybercrime Center (EC3), anunciou que, entre setembro e novembro de 2021, foi realizada pelo sétimo ano consecutivo uma operação contra o branqueamento de capitais através da angariação de “Mulas de Dinheiro” (do inglês Money Mule), denominada EMMA 7, envolvendo um total de 27 países, sob o tema “DontBeaMule.

A operação EMMA (European Money Mule Action) que contou com o apoio da Federação Bancária Europeia, FinTech FinCrime Exchange, Interpol, Western Union, Microsoft, Instituições Financeiras e Fourthline, teve como resultado geral a detenção de 1803 indivíduos, a identificação de mais de 18.000 “mulas de dinheiro” e tomada de medidas cautelares que permitiu evitar a perda de €67,5 milhões.

Neste período temporal a Polícia Judiciária, a nível nacional, apresenta os seguintes resultados, referentes ao período de 15 de setembro a 30 de novembro de 2021:

identificadas 94 como sendo “mulas de dinheiro”; identificadas sete pessoas como angariadoras de “mulas de dinheiro”; detidas três pessoas que atuaram como “mulas de dinheiro”; iniciadas 85 investigações; reportadas 527 transações bancárias fraudulentas; apreendidos cerca de €530 mil de proveniência ilícita.

Esta campanha visa sensibilizar o público em geral para o facto de que as “mulas de dinheiro” são pessoas recrutadas por organizações criminosas para transferirem fundos ilícitos de um local para outro, recebendo como contrapartida uma comissão ilícita.

A Polícia Judiciária alerta o público que ser “mula de dinheiro” constitui um crime, pelo que, se foi alvo de aliciamento, deve denunciar os factos à Polícia Judiciária ou aos serviços do Ministério Público.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste