COVID-19

PJ faz buscas domiciliárias e a laboratórios clínicos no Algarve e no Porto

PJ

A Polícia Judiciária realizou esta quinta-feira uma dezena buscas domiciliárias e a laboratórios de análises clínicas no Algarve e no Porto, numa investigação que começou com uma viagem para o estrangeiro de um futebolista profissional, alegadamente infetado com covid-19.

Em comunicado, a PJ e o Ministério Público adiantam que a operação “covid free” contou com a colaboração de um elemento Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) “para pesquisa, análise e eventual apreensão de documentação e outra matéria probatória” que será depois analisada.

Na origem da investigação, refere a nota, está uma viagem de avião, para o estrangeiro, de um jogador de futebol profissional, alegadamente infetado com covid-19, e que é suscetível de configurar o crime de propagação de doença, alteração de análise ou de receituário, punido com pena de prisão de um a oito anos.

O inquérito é dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste