ECONOMIA

POBREZA | Risco diminuiu mas agravou-se para desempregados

A população em risco de pobreza em Portugal diminuiu ligeiramente em 2008, face ao ano anterior, passando de 18,5% para 17,9%, mas agravou-se no caso dos desempregados, aumentando de 34,6% para 37%.

De acordo com o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento , realizado pelo Instituto Nacional de Estatística em 2009, relativo aos rendimentos de 2008, a taxa de risco de pobreza caiu 0,6 pontos percentuais comparativamente ao ano anterior, com o risco de pobreza nos idosos a evoluir de forma mais favorável: de 22,3% em 2007 para 20,1% em 2008.

Já as famílias com crianças dependentes mantiveram o risco observado em 2007: 20,6%.

AL/JA

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: