poetas do guadiana cacela velha
Evento dos Poetas do Guadiana em Cacela Velha.
CULTURA

Poetas do Guadiana comemoram décimo aniversário

O coletivo Poetas do Guadiana comemora esta semana o 10.º aniversário, que continua “de portas abertas” para quem queira “manter viva a chama” deste movimento, anunciou o grupo.

Destes 10 anos, o movimento recorda eventos de declamação de poesia que decorreram em Ayamonte, Monte Francisco, Faro, Tavira, Vila Real de Santo António, Castro Marim, Cacela Velha, Alcoutim, Isla Cristina, Punta Úmbria, Lepe, La Puebla, Huelva e Rociana.

Nessas localidades, vários espaços como casinos, bibliotecas, auditórios, parques, ruas, fortalezas, cemitérios, jardins, bares, estações de rádio e de televisão serviram de palco para declamação de poesia oriunda do Baixo Guadiana.

Ao longo destes 10 anos, mais de 50 publicações viram a luz do dia e “ajudaram a ocupar espaços nas bibliotecas públicas e privadas, escolas, associações e particulares”, segundo o comunicado.

Eladio Orta, Carmen Azaustre, Clemen Esteban, Domínguez Monge, León Acosta, Pedro Tavares, António Cabrita, Clara Correia, José Cruz, João Pereira e Célia Segura são algumas das pessoas que fazem parte do movimento Poetas do Guadiana.

Em alguns dos eventos promovidos pelo grupo ao longo dos últimos 10 anos, participaram músicos como Pako, Ortiz, Anselmo, Guitar Duo, Monge y su chelo, María y Cristobal, Mascarenha, Nádia Catarro e Francisco Javier Vera.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste