Polícia Marítima apreende 500 Kg de berbigão e artes de pesca ilegais na Ria Formosa

O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão efetuou, este fim de semana, várias operações dirigidas ao controlo das atividades que se desenvolvem no seu espaço de jurisdição, nomeadamente no interior da Ria Formosa, tendo resultado na fiscalização de onze embarcações empregues em atividades como a náutica de recreio e o apoio aos estabelecimentos de culturas em águas marinhas.

​Destas operações resultou a apreensão de três artes de arrasto (ganchorras de mão) e cerca de 500 Kg de berbigão, distribuídos em 16 sacos, bem como uma teia com 30 alcatruzes, sendo que ambas as artes são de utilização proibida no interior da Ria Formosa.

Os bivalves apreendidos “foram sujeitos a medição e, verificando-se que possuíam tamanho mínimo inferior ao legalmente previsto, foram devolvidos à ria, por se encontrarem vivos”, explicou a Autoridade Marítima Nacional.

Para além das infrações diretamente constatadas, das quais foram levantados os respetivos autos de notícia, verificou-se também, no que se refere ao controlo documental daquelas embarcações, a necessidade de notificação dos proprietários para posterior apresentação dos documentos de bordo.

“Este contínuo esforço de fiscalização tem como objetivo criar, na comunidade local, o sentimento de segurança e de presença da Polícia Marítima, dissuadindo a prática de comportamentos ilícitos”, refere as AMN.

Estiveram envolvidos nestas ações quatro elementos da Polícia Marítima, dois elementos do serviço de apoio da Capitania do Porto de Olhão e duas embarcações.

pub

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste