ALGARVE ÚLTIMAS

Portimão quer evitar tragédias em coletividades

.

Com o incêndio que destruiu o edifício e provocou a morte de dez pessoas na associação recreativa de Vila Nova da Rainha, em Tondela, a 13 de janeiro, ainda bem presente na memória de todos, o serviço municipal de proteção civil de Portimão vai dinamizar, no próximo dia 23 de fevereiro, uma ação de informação e sensibilização junto das coletividades do concelho. A ideia é “esclarecer sobre a correta implementação das medidas de autoproteção em edifícios, junto de todas as coletividades”, adianta a autarquia.

A iniciativa, que conta com o apoio e participação da Autoridade Nacional de Proteção Civil, decorrerá a partir das 21h00, no quartel dos bombeiros de Portimão, nas instalações do serviço municipal de proteção civil, e tem em vista o “levantamento da situação do licenciamento dos espaços que desenvolvem atividades culturais e desportivas, no qual se solicitará às coletividades a resolução de quaisquer situações de inconformidade identificadas e que apresentem uma situação de perigo iminente para edifícios e utilizadores em geral”.

A autarquia refere ainda que se encontra “disponível para apoiar os edifícios e equipamentos que se encontrem em situação de maior risco ao nível da proteção civil”, estando esta iniciativa aberta à participação de todos os dirigentes de coletividades do município.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: