bombeiros portimão
Bombeiros de Portimão
ALGARVE

Portimão reforça bombeiros voluntários com nova equipa

A força mínima de intervenção dos Bombeiros de Portimão foi reforçada com cinco novos postos de trabalho, através da assinatura de um protocolo que estabelece a criação de mais uma EIP – Equipa de Intervenção Permanente, cujos vencimentos são suportados em partes iguais pela Administração Central, através da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, e pela autarquia local, revelou a autarquia.

A equipa vem fortalecer o apoio à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Portimão, que vê aumentada a sustentabilidade de uma capacidade de resposta no âmbito da proteção e socorro, 24 horas por dia, com recurso a bombeiros profissionais.

O Município de Portimão iniciou em 2014 um quadro de cooperação com a associação humanitária, o qual tem sido alvo dos maiores elogios pelos vários atores do sistema de emergência e proteção civil, tendo sido partilhado e replicado em inúmeros municípios de norte a sul do país.

Também o Tribunal de Contas visou anualmente os protocolos sem quaisquer reservas e, ao contrário de outras autarquias, não resultaram nenhumas recomendações na sequência de uma auditoria realizada e que apurou todos os processos inerentes, verificando em pormenor a aplicação/gestão das verbas públicas direcionadas a esta importante vertente estratégica da segurança dos portimonenses e das milhares de pessoas que escolhem Portimão para passar as suas férias.

As verbas disponibilizadas para a manutenção de uma força mínima de intervenção operacional ininterrupta, com uma composição mínima de 15 operacionais, com elevado grau de prontidão para assegurar as missões legalmente confiadas aos corpos de bombeiros, permitiu sustentar o tempo médio de despacho em um minuto, o que assegurou a chegada aos locais das ocorrências e resolução das mesmas muito precocemente, mitigando os riscos e limitando as consequências.

Assegura ainda uma capacidade de intervenção especializada, que garante, 24 horas por dia, logo desde o primeiro alarme, as seguintes valências: salvamento técnico por cordas; buscas e resgate em estruturas colapsadas; resgate em águas bravas; escoramentos e desobstrução; resgate em valas; e, por fim, operação de drones, aeronaves não tripuladas.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste