Portimão “sem folga” para baixar mais impostos

Apesar da eliminação da taxa da proteção civil, os impostos municipais não deverão baixar nos próximos anos em Portimão
Apesar da eliminação da taxa da proteção civil, os impostos municipais não deverão baixar nos próximos anos em Portimão

A autarquia portimonense desistiu de cobrar uma taxa aos munícipes para financiar os bombeiros locais. A decisão foi tomada pela presidente Isilda Gomes para “reduzir o impacto sobre as famílias e as empresas”. Ainda assim, a Câmara de Portimão continua entre as que mais cobram taxas e impostos aos contribuintes em Portugal, uma situação imposta pelo Fundo de Apoio Municipal (FAM), no âmbito da recuperação financeira da autarquia…

 

(Toda a informação, incluindo reação da oposição, para ler na última edição do JA – dia 23 de julho)

Nuno Couto/JA

.

.

Comentário

  • Para dar dinheiro a eventos da tanga (sachas, meospots, búzios)que não enriquece em nada o algarve, estão logo prontinhos, a praia leva o ano toda suja mas no inicio destes eventos é tudo limpinho para inglês ver. Como tenho vergonha desta camara??!!

Carregue aqui para comentar

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste