Portimonense testa bom momento do Benfica na oitava jornada da I Liga

O Portimonense constitui, no domingo, mais um teste ao bom momento que o Benfica, líder isolado da I Liga de futebol, atravessa, em partida da oitava jornada da prova.

Os comandados de Jorge Jesus recebem os algarvios numa altura em que lideram a prova com 21 pontos, resultantes de sete triunfos em outros tantos jogos, mais quatro do que os principais rivais na corrida pelo título, e surgem ainda mais motivados depois da clara vitória de quarta-feira sobre o FC Barcelona por 3-0, em jogo da segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Pela frente, o Benfica terá um Portimonense a realizar um bom arranque de temporada, sendo sexto classificado, com 11 pontos, e que se apresenta no estádio da Luz ainda sem ter perdido fora, com duas vitórias e um empate.

Em momento inverso encontra-se o FC Porto, que, na terça-feira, foi goleado em casa para a ‘Champions’ pelo Liverpool por 5-1, constituindo o Paços de Ferreira, no sábado, uma boa oportunidade para os jogadores ‘azuis e brancos’ responderem às críticas de Sérgio Conceição, depois de o treinador dos ‘dragões’ ter classificado de “vergonhosa” a exibição frente aos ingleses.

Depois de ter participado na fase de qualificação para a Liga Conferência Europa, o Paços de Ferreira entrou menos bem no campeonato, mas tem vindo a subir de rendimento paulatinamente, embora não vença há três jornadas, nas quais registou três empates.

Igualmente vindo de desaire para a Liga dos Campeões – derrota 1-0 em Dortmund -, mas com uma exibição que permitiu ‘limpar’ a imagem deixada com a goleada sofrida em casa frente ao Ajax (5-1), o Sporting, campeão nacional e atual terceiro classificado, com os mesmos 17 pontos do segundo, o FC Porto, apresenta-se em Arouca como claro favorito a levar os três pontos.

- Publicidade -

Os arouquenses, que regressaram esta temporada à I Liga, estão na parte baixa da tabela, ocupando o 15.º lugar, com cinco pontos. A equipa de Arouca vem de quatro jogos sem vencer e, nas oito vezes anteriores que defrontou os ‘leões’, somou sempre derrotas.

A jornada arranca às 19:00 de sexta-feira, com a receção do Marítimo (12.º, 6 pontos) ao Moreirense (14.º, 6), seguindo-se, às 21:15, o embate entre Famalicão (18.º, 3) e Vitória de Guimarães (10.º, 7).

No Funchal, ainda no estádio da Madeira, uma vez que o estádio dos Barreiros voltou a ser ‘chumbado’ pela Liga devido ao mau estado do relvado, o Marítimo tenta regressar às vitórias que lhe escapam desde a segunda jornada, frente a um Moreirense que somou o seu primeiro triunfo na ronda passada, 2-1 na receção ao Arouca.

Pouco depois, num embate entre equipas minhotas e em crise de resultados, o Famalicão vai tentar abandonar a laterna-vermelha da prova e, ao mesmo tempo, alcançar o primeiro triunfo, recebendo um Vitória de Guimarães longe do objetivo delineado no arranque da temporada – lutar pelos lugares cimeiros da prova – e que chega a esta oitava ronda com apenas um triunfo somado.

No sábado, apesar de ainda só ter alcançado uma vitória, o regressado Vizela (11.º, 7) vai tentar manter o bom momento – tem ainda mais quatro empates e somente duas derrotas -, recebendo no sábado o Santa Clara (16.º, 5), equipa ainda distante das boas prestações da temporada passada, que lhe valeram apuramento para as competições europeias, mas que vem de um moralizador empate (1-1) na receção ao Sporting de Braga, alcançado já nos descontos.

A luta por escapar aos lugares mais baixos da tabela vai estar em jogo na receção do Belenenses SAD (17.º, 3) ao Tondela (13.º, 6), no domingo, numa partida em que os ‘azuis’ tentam não só fugir da zona de despromoção como também chegar ao primeiro triunfo, frente a um Tondela que voltou a vencer, após cinco derrotas seguidas.

Ainda no domingo, o Estoril Praia (4.º, 14), depois de ter andado no topo da tabela nas primeiras rondas, perdeu algum ‘gás’ nas duas últimas jornadas – somou uma derrota e um empate – e vê agora na visita do Gil Vicente (9.º, 8) uma boa oportunidade para regressar às vitórias, o mesmo sucedendo com os forasteiros, que já somam cinco jogos consecutivos sem vencer, depois de terem arrancado o campeonato com dois triunfos.

Em Braga, a equipa comandada por Carlos Carvalhal (5.º, 12) continua sem conseguir os registos de temporadas anteriores e já se encontra distante em termos pontuais dos principais rivais na luta pelo topo da classificação, estando agora obrigada a vencer na receção ao Boavista (7.º, 9), uma equipa a fazer um bom arranque de temporada e capaz de alcançar resultados positivos dentro e fora de casa.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste