DESPORTO FUTEBOL

Portimonense vence Tondela com bis de Beto

O Portimonense venceu hoje o Tondela por 3-0, num jogo da 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol em que Beto esteve em destaque, ao marcar dois golos, e cujo resultado reflete a superioridade dos algarvios.

A equipa anfitriã chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golos de Beto, aos 14 minutos, e Aylton Boa Morte, aos 35, tendo o avançado do Portimonense bisado aos 54, fixando o resultado final.

No Municipal de Portimão, a equipa da casa foi sempre mais atacante, criando mais oportunidades de golo e dominando durante a maior parte da partida, conseguindo anular as poucas oportunidades criadas pelo Tondela.

As equipas, que no início da partida estavam distanciadas por quatro pontos, ficaram mais próximas na classificação, com um ponto apenas a separar Tondela e Portimonense, com a equipa algarvia a recuperar lugares na liga.

O Portimonense apresentou algumas surpresas no ‘onze’ inicial, com a inclusão de Poha, Anderson Oliveira e Ewerton. Já o Tondela manteve a mesma formação que apresentou no último jogo, em casa, contra o Gil Vicente.

O início do jogo foi marcado por maior domínio e toada atacante da equipa da casa, com o primeiro remate à baliza, com algum perigo, a acontecer ao minuto seis, por Beto, com o guardião Pedro Trigueira a agarrar a bola com firmeza.

Novas oportunidades surgiram também por parte do Beto, na última, ao minuto 10, com um cabeceamento a passar muito perto do poste direito da baliza do Tondela.

À quarta foi de vez, com Beto a conseguir inaugurar o marcador, respondendo com um pontapé acrobático ao cruzamento de Anderson para o centro da área.

O primeiro remate à baliza do Tondela aconteceu apenas ao minuto 29, num remate de Murilo, defendido de forma confiante por Samuel Portugal.

Ao minuto 35 surgiu o segundo golo do Portimonense, num remate de Aylton Boa Morte, após uma jogada de insistência pelo flanco direito.

Quase no final da primeira parte o Tondela ainda tentou a sorte, com dois remates de João Pedro, o segundo dos quais passou rente ao poste direito da baliza do Portimonense.

A segunda parte iniciou-se com o Tondela a querer dar a volta ao resultado e Salvador a rematar ao minuto 46, à figura, mas a obrigar Samuel Portugal a defender com segurança.

Ao minuto 54 a dupla Anderson/Beto voltou a funcionar, com o primeiro a cruzar do lado esquerdo para área e o segundo a colocar a bola no fundo das redes do Tondela, com um remate em jeito.

Aos 57 foi Poha a rematar de longe com perigo por cima da barra do Tondela, que continuava a procurar o primeiro golo e, ao minuto 61, Arcanjo, acabado de entrar, rematou com perigo à baliza do Portimonense, obrigando Samuel Portugal a defender com dificuldade para canto.

Até ao final, a equipa de Portimão conseguiu segurar a vantagem robusta.


Jogo disputado no Municipal de Portimão.

Portimonense – Tondela: 3-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Beto, 14 minutos.

2-0, Aylton Boa Morte, 35.

3-0, Beto, 54.

Equipas:

– Portimonense: Samuel Portugal, Fahd Moufi, Maurício Antônio, Koki Anzai, Ewerton Pereira (Luquinha, 59) Anderson Oliveira (Jafar Salmani, 83), Beto (Bruno Moreira, 83), Willyan Rocha, Dener (Pedro Sá,71), Aylton Boa Morte e Poha (Fali Candé, 83).

(Suplentes: Ricardo, Salmani, Fabrício, Bruno Moreira, Henrique, Luquinha, Pedro Sá, Casagrande e Fali Candé.

Treinador: Paulo Sérgio.

– Tondela: Pedro Trigueira, Tiago Almeida (Bebeto,59) Yohan Tavares, Enzo Martinez, Filipe Ferreira (Mohamed Khacef, 80), Salvador Agra (Arcanjo,59) João Pedro, Jaume Grau (Souley,59) Roberto Olabe, Jhon Murillo e Mario González.

(Suplentes: Babacar Niasse, Pedro Augusto, Abel Medioub, Jaquité, Mohamed Khacef, Tomislav Strkalj, Souleymane Anne, Bebeto, Arcanjo).

Treinador: Pako Ayestaran.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Roberto Olabe (96), Koki Anzai (75).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste