Portugal regressa em pleno aos mercados na próxima semana

.
.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou hoje a realização de um leilão de Obrigações do Tesouro (OT) a 10 anos na próxima quarta-feira. O objetivo é conseguir um financiamento entre 500 e 750 milhões de euros com uma taxa de cupão de 5,65%, naquele que será o primeiro leilão desde o pedido de resgate em abril de 2011.

As taxas de juro no mercado secundário estão no nível mais baixo de vários anos e já se esperava que o IGCP avançasse com um leilão. Os juros das OT a 10 anos apontam para níveis abaixo de 3,8%, tendo já fixado hoje mínimos desde 2009 abaixo de 3,7% em valores intradiários.

Até ao final do primeiro semestre, a instituição conta realizar duas destas colocações de Obrigações do Tesouro como forma de concretizar o regresso do Estado ao normal financiamento nos mercados, depois de já ter realizado duas operações sindicadas este ano.

Neste momento, o Estado português tem uma almofada de financiamento na ordem dos 15 mil milhões que lhe permite viver sem sobressaltos até meados de 2015. Estas emissões visam pré-financiar 2015 e, ao mesmo tempo, normalizar as emissões de dívida na reta final do programa da troika.

RE

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste