PAÍS ÚLTIMAS

Portugueses pagam 42% de “extras” na fatura da energia

A Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor (DECO) lança, esta quinta-feira, uma petição que tem como objetivo acabar com os extras que fazem parte da fatura da eletricidade e que, segundo a DECO, são já 42% do total que cada português paga todos os meses pela energia elétrica que consome.

De acordo com este organismo, apenas 58% daquilo que cada português paga corresponde, efetivamente, à energia gasta, ao passo que os restantes 42% dizem respeito a custos de interesse geral. Mas que pesam cada vez mais no total da fatura.

Ainda segundo a DECO, o aumento, em média, de 3,8% na factura da energia elétrica prevista para o próximo ano, resulta, precisamente, de custos impostos ao setor que ganham uma dimensão insustentável.

Considerando esta realidade uma injustiça, a associação lança uma petição pedindo que toda esta situação seja reavaliada.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste